(Foto: Divulgação)
Com o tema 'A escravidão no Brasil e seus efeitos', a Prefeitura de Maruim, através da Secretária Executiva Municipal de Juventude, promoveu a I Roda de Conversa com os professores da rede pública e privada na tarde desta quarta-feira, 13, na sede da Secretaria de Educação de Maruim. A ação faz parte do 'Projeto Teinha – Diálogos sobre a historicidade do candomblé em Sergipe', lançado no início deste mês, em parceria com a Associação Filhos de Bara.
Segundo a secretária executiva municipal de Juventude, Linei Christiane Silva Pereira, o objetivo da roda com professores é trocar conhecimentos sobre a história do povo negro no Brasil. “Não podemos deixar de debater a situação do negro no Brasil, que apesar dos avanços, ainda sofre preconceito até os dias atuais. Por isso, o professor é peça fundamental neste processo, pois lida diretamente próximo aos jovens estudantes no dia a dia”, ressaltou.
“O papel do professor é extremamente importante no combate ao preconceito e a intolerância religiosa, pois é no ambiente escolar que a mente de nossa juventude deve ser libertada da discriminação e da desinformação. O projeto Teinha foi introduzido no município com este propósito”, concluiu a secretária.
Além dos professores de Maruim, docentes do município de Estância também participaram da roda de conversa. O dia 13 de maio foi escolhido por ser a data em que há 127 anos marcava o fim da escravidão no Brasil com a assinatura da princesa Isabel.

Por Ascom/Prefeitura de Maruim

0 Comentários