Deputada Maria Mendonça (Foto: Maria Odília/Alese) 
A deputada estadual Maria Mendonça (PP) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira, 4, para destacar o trabalho da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) que desenvolveu o programa chamado RAMA (Rastreamento e Monitoramento de Alimentos) para combater o uso de agrotóxicos nas Frutas, Verduras e Legumes (FLV) comercializados pelas mais de 80 mil lojas do setor, espalhadas por todo o País. Ela ressaltou ainda que um grupo de empresários de Itabaiana, em parceria com a Vigilância Sanitária, a ASES (Associação Sergipana de Supermercados) e o Ministério Público Estadual (MPE) estão atuando em sintonia em uma atividade no município serrano, mas precisamente na Rede de Supermercados Peixoto. 
“Esse é um programa de extrema relevância criado pela ABRAS e que vai garantir mais saúde à população brasileira”. Em seguida, Maria Mendonça disse que “trata-se de um programa de rastreamento e monitoramento de agrotóxicos. Dados comprovam em Itabaiana nós temos os índices mais elevados de pessoas portadoras do câncer. Estes produtos possuem muitos agrotóxicos. E a população termina se contaminando e se espalha pelo organismo. Estão sendo rastreados legumes, frutas e verduras”. 
Maria Mendonça achou a iniciativa muito importante da ABRAS e agradeceu a somação da ASES, da Vigilância Sanitária e do Ministério Público, na pessoa da promotora de Justiça, Euza Missano, que também se encontra em Itabaiana. “Ganha o consumidor que passa a ter um projeto de qualidade monitorando seus alimentos. Quando ele verificar o selo, vai perceber que aquele produto foi inspecionado e tem qualidade”.

Por Habacuque Villacorte, da Agência Alese

0 Comentários