Eduardo Amorim (Foto: Divulgação) -
O senador Eduardo Amorim (PSC-SE) lamentou, em nota oficial, o falecimento do governador de Sergipe, Marcelo Déda, ocorrido na madrugada desta segunda-feira, 3, em São Paulo, de falência múltipla dos órgãos. A seguir a íntegra da nota do senador.


“Nota de pesar

A política brasileira perdeu um de seus nomes mais emblemáticos, com a morte de Marcelo Déda. Foi um batalhador, herói da luta pela democracia. Déda foi um exemplo de homem, de pai e uma referência de político para a nova geração, para Sergipe e para o Brasil. Figura humana inconfundível. Tinha em sua voz e ideologia a sua assinatura marcante. Neste momento, as divergências políticas se anulam e restam apenas o sentimento cristão da fraternidade ao ser humano Marcelo Déda, pessoa dotada de reconhecidos princípios morais e éticos.
Para todos os sergipanos, é uma referência e uma perda indelével. Neste momento de dor e tristeza, quero me solidarizar com a sua família, seus amigos e todos aqueles que um dia conheceram esse grande sergipano.

Eduardo Amorim
Senador da República

0 Comentários