Com o intuito de assegurar o cumprimento de todas as medidas preventivas e de segurança biosanitaria, o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e do Comando da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE), esclarecem quais serão as atividades permitidas neste período em que seria comemorado o Carnaval, cujo ponto facultativo foi suspenso, normatizando o funcionamento de bares, restaurantes e similares, que deverão primar pelo cumprimento efetivo das normas já estabelecidas no decreto de número 40.758, de 04 de fevereiro de 2021.

A secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, explica que este é um momento estratégico para buscar evitar as aglomerações e o respectivo risco de proliferação da Covid-19.  “Estamos empenhando todos os esforços na logística de vacinação e nas medidas de controle da pandemia. É imprescindível contar com o apoio da população no sentido de continuarem cumprindo as regras de distanciamento social e o uso de máscaras. Da mesma forma, continuam proibidas a realização de eventos festivos relacionados ao Carnaval, confraternizações, blocos, prévias carnavalescas, shows e similares até o dia 21 de fevereiro”, enfatiza a secretária.

Atuação

Todos os estabelecimentos comerciais que funcionarem neste período deverão observar as regras já estabelecidas como utilização de 50% do seu espaço, com todos os clientes sentados, a circulação nos espaços com utilização de máscaras, não sendo permitido espaços para dança, nem eventos festivos alusivos à temática do Carnaval. Os estabelecimentos que tradicionalmente ofereçam música ao vivo, deverão observar o regramento para a apresentação de conjuntos musicais (com até quatro componentes) com o respectivo uso de máscara e o necessário distanciamento.

Conforme o comandante da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral, a fiscalização estará atenta às tentativas de camuflar eventos de caráter festivo no período. “Estaremos atuando em todo o estado de Sergipe, intensificando a fiscalização para evitar as aglomerações. Recomendamos que as pessoas utilizem o bom senso no sentido de obedecerem às recomendações, limitando o uso em 50% dos espaços e observando o uso de máscaras e todos os consumidores sentados nos estabelecimentos. Assim, serão evitadas as intervenções que estamos preparados para fazer, caso necessário, para coibir eventuais abusos que ponham em risco a coletividade”, destacou o comandante.

Para Marcony Cabral, o desafio é para o conjunto da sociedade no enfrentamento a essa pandemia que tem sido tão traumática no Brasil e no mundo. “Esse é um esforço conjunto para o qual apelamos para a compreensão dos cidadãos. É um desafio de aprendizagem para toda a humanidade e buscamos entender todos os lados da questão. As regras de convivência foram modificadas e devemos adotar todos os protocolos para continuar buscando evitar o aumento do número de mortes relacionado a essa doença, que tanto tem dilacerado famílias sergipanas e brasileiras. Portanto, estaremos nas ruas cumprindo nosso papel em defesa da vida”, concluiu.

Informações mais detalhadas sobre todos os decretos e medidas preventivas contra a Covid-19, bem como o panorama da pandemia no estado, podem ser encontradas através do link todoscontraocorona.net.br.

Fonte: ASN

0 Comentários