Uma ação policial conjunta entre policiais civis de Itaporanga D’Ajuda e de Maruim, na tarde dessa terça-feira (16), resultou na localização de Ruan Matos França, conhecido como “Pelúcia”, um dos nove condenados por integrar uma organização criminosa que atuava com roubo a banco. O grupo criminoso foi desarticulado em meados de 2018.

De acordo com o delegado Paulo Cristiano, destacou como ocorreu a localização de alguns dos envolvidos no grupo. “As investigações apontaram que alguns dos foragidos se escondiam na região do Cotinguiba. A partir disso foi estabelecida uma intensa parceria com o delegado Ataíde, da Delegacia Regional de Maruim”, citou.

Neste ano de 2020 os nove integrantes do grupo foram condenados, em primeira instância, à penas de, no mínimo, 16 anos. Dos nove, cinco foram localizados, sendo três deles em Itaporanga D’Ajuda, um em Maruim, e Ruan, em Rosário do Catete. Com o foragido foi apreendido um revólver. 

“Ruan tentava levar uma vida acima de qualquer suspeita, mantendo um pequeno comércio na cidade de Rosário mas reagiu à ação policial, foi socorrido mas não resistiu”, complementou.
 
A organização criminosa, que atuava na modalidade “estouro de cash”, foi desarticulada em meados de 2018 por equipes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope). O caso foi julgado pela comarca de Itaporanga D’ajuda, onde o núcleo do grupo se encontrava.

Fonte: Polícia Civil de Sergipe

0 Comentários