(Foto: Vieira Neto/Sedetec)
Três novas indústrias vão se instalar em Sergipe este ano no município de Nossa Senhora do Socorro. A sua instalação no estado foi aprovada na manhã desta segunda-feira, 30, pelo Conselho de Desenvolvimento Industrial (CDI). O investimento é de R$ 8.153.450,00, e pretende gerar 109 novos empregos.
Segundo o diretor presidente da Codise, Sérgio Reis, essas indústrias são do ramo de produtos alimentícios, centro de distribuição de medicamentos, e fabricação de fios e cabos.
De acordo com Sérgio, essas três novas indústrias serão instaladas no Distrito Industrial de Nossa Senhora do Socorro. Revela que elas terão um ano para estarem em pleno funcionamento, conforme a Lei de Incentivo nº 3.140, de dezembro de 1991.
Sérgio declara que o governo vai trabalhar com persistência no sentido de até 2018, expandir o número de empresas instaladas no Estado com relação aos últimos quatro anos.
“Para isso vamos trabalhar para melhorar a infraestrutura do Estado para captar novos investimentos. Nesse sentido, é preciso resolver dois grandes gargalos: a interiorização do gás natural e a melhoria da infraestrutura portuária”, afirmou o presidente da Codise, enfatizando que já iniciou um estudo sobre a taxa de ocupação dos distritos industriais.
Por meio do CDI, o Governo do estado concede incentivos fiscais e/ou locacionais, atrativos para a instalação de novos empreendimentos e a permanência de indústrias já instaladas. Para isso, o Conselho avalia os projetos industriais, principalmente, pela geração de emprego e renda, descentralização econômica e espacial das atividades produtivas, modernização tecnológica do parque industrial e preservação do meio ambiente.
Em números, desde 2007, o Governo do Estado já atraiu 103 novos empreendimentos instalados, num volume de investimentos no valor de R$ 723 milhões, o que está gerando 12 mil empregos em Sergipe. “Temos a expectativa concreta da continuidade de mais aprovações no ano de 2015 que chega também com uma perspectiva maior ainda, com a aprovação do Decreto dos Centros de Distribuição e dos Atacadistas, segmento que deverá provocar uma maior entrada de propostas aqui na Sedetec”, pontuou secretário Francisco Dantas ao acrescentar que, para os o próximos meses, já existem boas perspectivas de mais projetos aprovados para a economia sergipana.
Os empresários interessados em obter incentivos do Governo, devem se dirigir a Sedetec/Codise para conhecimento das disponibilidades do Estado para implantação ou ampliação de novas indústrias.

Por Ascom Codise/Edição Ascom Sedetec

0 Comentários