(Foto: Ascom/Seed)
A Secretaria de Estado da Educação (Seed) iniciou nesta segunda-feira, 12, o período de matrículas para o ano letivo de 2015 das escolas da rede estadual. A matrícula é informatizada através do Sistema Integrado de Gestão Acadêmica (SIGA), obedecendo as etapas previstas para os casos de matrícula confirmada, matrícula de egressos e matrícula de candidato à rede.
A matrícula confirmada, destinada ao aluno que deseja permanecer no estabelecimento de ensino em que estudou em 2014, será realizada a partir desta segunda-feira, 12, prosseguindo até a próxima sexta-feira, 16. A matrícula de egressos, destinada ao aluno que estudou em uma unidade de ensino da rede pública estadual e que queira solicitar transferência para outra escola da rede, acontecerá no período de 19 a 23 de janeiro.
No que se refere à matrícula de candidatos à rede, destinada ao aluno que pretende ingressar na rede estadual de ensino, o período é de 26 a 30 de janeiro. Nas unidades de ensino que não tem acesso ao SIGA, a matrícula será feita de forma tradicional.

Documentação

Para realizar a matrícula, o candidato deve estar munido da transferência/histórico escolar ou declaração com validade de 30 dias; registro civil ou cédula de identidade, CPF, se tratando de matrícula no ensino médio; e fotografia 3X4 na quantidade definida pela escola. Pode fazer a matrícula o próprio aluno, caso tenha mais de 18 anos, ou seu responsável legal.
Em reunião com a equipe de técnicos da Seed, quando foi apresentada a Portaria das Matrículas, o secretário de Estado da Educação, professor Jorge Carvalho, afirmou que não há necessidade de correria na busca de vagas para a realização das matrículas, uma vez que existem vagas suficientes para atender a demanda. A rede estadual é composta por 368 escolas que oferecem a educação básica. 
Jorge Carvalho ressaltou que alguma escola pode ter uma data específica de matrícula, não seguindo fielmente o calendário proposto pela Seed. “Considerando a divergência de datas de encerramento do ano letivo de 2014 entre as unidades de ensino, algumas escolas terão datas de matrículas diferenciadas, portanto, é necessário que os interessados busquem informação na própria escola ou na Diretoria de Educação à qual a escola está vinculada”, frisou o secretário.
O ano letivo de 2015, independentemente do ano civil, terá obrigatoriamente, 200 dias letivos, com carga horária mínima anual de 800 horas de efetivo trabalho escolar. 

Por Ascom/Seed

0 Comentários