Pe. Paulo Sales faz o alerta sobre o entorno da igreja
(Fotos: Keizer Santos)
A partir do requerimento da vereadora Arlinda Vieira (PMDB), a sessão ordinária da noite desta terça-feira, 18, foi bastante prestigiada por fiéis da comunidade Católica. Na pauta, a segurança do entorno da Igreja Matriz de Senhor dos Passos, em Maruim.
No pequeno expediente a vereadora peemedebista destacou a preocupação do administrador paroquial, Pe. Paulo Sales, sobre a manutenção do bem. “Os skatistas atuam na calçada da igreja, o que acaba por danificar as pedras antigas”, alertou. “Sabemos da necessidade da área específica para a prática do skatismo, por isso chamamos a atenção do Poder Público para atender a reivindicação dos jovens”, concluiu.
Padre Paulo Sales alerta para a complexidade desta ação, pois envolve um aspecto cultural. “É preciso que uma solução seja encontrada em conjunto, pois a área do entorno da igreja está sendo utilizada para a prática esportiva, uso de drogas e, até, para casais namorarem”, frisou.
O administrador paroquial destacou também que por medida de segurança está adotando horário especial de atendimento na secretaria da igreja a fim de evitar maiores transtornos por falta de segurança. “Iniciamos um abaixo-assinado para reivindicar uma solução para a segurança no entorno do prédio”, afirmou.
O prefeito de Maruim, Jeferson Santana, reafirmou o compromisso em buscar auxílio para combater a violência no município. “Esta questão nos preocupa, pois além de prefeito, sou cidadão maruinense. Na semana passada nos reunimos com o Secretário de Estado da Segurança Pública, João Eloy, para apresentar as reivindicações de Maruim.
Jeferson Santana afirmou que vai a Brasília nesta semana para solicitar emendas parlamentares para através do Ministério da Cultura conseguir reformar a Igreja Matriz, que a partir do tombamento como Patrimônio Nacional necessita de autorização da Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em Sergipe.
A Igreja Matriz de Senhor dos Passos foi fundada em 17 de março de 1862, mas a sua construção somente foi iniciada em 1848, por intermédio do Barão de Maruim, João Gomes de Melo.


Por Redação

Muitos fiéis católicos compareceram a sessão ordinária

O presidente da Casa, José Souza, faz a abertura dos trabalhos

Pe. Paulo Sales faz o alerta sobre o entorno da igreja

O prefeito de Maruim, Jeferson Santana, disse vai buscar recursos

0 Comentários