O Atlético Clube Boa Hora sagrou-se campeão maruinense de futebol neste domingo, 15, no Estádio Gonçalo Prado. Após quase dois meses de disputa chega ao fim o campeonato que reuniu treze equipes de futebol amador.
A primeira partida válida pela disputa do terceiro lugar, entre São Caetano, do bairro São José, e Beira Mar, do povoado Pau Ferro, terminou com o placar de 6 a 2 para a equipe do povoado.

Boa Hora 2x1 ADM

A equipe do bairro Boa Hora iniciou o jogo com um grande volume de jogo, o que fez a Associação Desportiva Maruinense (ADM) sair para o jogo. Com isso, a ADM conseguiu aos 8 minutos abrir o placar com Ney Santos, que mandou um chute muito forte. O jogo ficou movimentado e aos 22 do primeiro tempo em um cruzamento para área a partir de uma falta na lateral, o zagueiro Fuica, do Boa Hora, cabeceou sem chances para o goleiro Muralha.
O segundo tempo iniciou com as equipes na busca incessante pelo gol. Quando aos 12 minutos o atleta Thiago fez uma bela arrancada e tocou para Carlos Alberto sacramentar a vitória do Atlético Clube Boa Hora.  

Destaques

O atleta Diego, do Boa Hora, com 4 gols, ficou com troféu de artilheiro do campeonato. O goleiro Muralha, da ADM, foi o goleiro menos vazado da competição

O campeonato  

Treze equipes disputaram o campeonato, pelo grupo A (Caititu, São Paulo e Portuguesa), grupo B (Palmeiras, Oiteiros, São Caetano), grupo C (ADM, Beira Mar e Quinhentões) e pelo grupo D (Mocidade, Mata de São José e Cruzeiro).
O campeão municipal foi contemplado com R$ 1.800,00, o vice-campeão recebeu R$ 900,00, o terceiro colocado ficou com R$ 500,00 e o quarto colocado ganhou R$ 300,00. 
O campeonato contou com a participação de ex-jogadores profissionais, como o Giovanni, Pedro Aruba (ex-Figueirense, Coritiba e Sergipe), Geovane (ex-Maruinense), César Lira (ex-Sergipe e Itabaiana) entre outros. Outro destaque é a participação do lateral-direito, Ney Santos, que atua no Vitória de Setúbal, da primeira divisão do campeonato português.
Foram realizados 23 jogos com 62 gols marcados, ou seja, uma média de 2,69 gols por jogo.
Homenagens

Dois fatos marcantes foram registrados na competição, que foram expressas em homenagens neste domingo, 15. Os troféus de campeão e vice receberam os nomes dos desportistas Terêncio Bonfim e Dona Cícera, respectivamente.

Presenças

A final da competição, além de contar com um grande público, foi prestigiada por diversas autoridades entre elas o prefeito Jeferson Santana, o vice, Murilo Mota, do ex-secretário de estado do Trabalho, Fábio Mitidieri, dos secretários municipais Mário Sérgio (Esporte e Lazer), Gilton Rezende (Cultura), Pedro Henrique (Administração), e os vereadores Maria Angélica e Clóvis Menezes.


Por Assessoria de Comunicação







0 Comentários