Marcos Aurélio, Tesoureiro do PPS Sergipe
(Foto: Divulgação) -
Além de entender que o Partido Popular Socialista deve construir um Projeto para apresentar aos sergipanos para o Governo de Sergipe, Marcos Aurélio entende que o PPS não pode abrir mão de apresentar uma candidatura ao Senado da República que represente a seriedade e a defesa do Estado perante o Brasil.
“Temos excelentes nomes no nosso quadro. Dentre eles, o próprio Nilson Lima, que demonstra competência nos cargos públicos que ocupa e Wellington Mangueira, considerado até hoje, em todo o Brasil, como um revolucionário na Política de Segurança Pública”. Diz o Socialista.
“O papel do Senador é defender os interesses do Estado,protegendo-o contra os ataques que a União faz. Infelizmente essa é uma realidade que estamos vivendo atualmente. Ao reduzir os repasses de recursos,dinheiro que pertence aos Cidadãos, o Governo Federal prejudica a todos nós”. Informa Marcos Aurélio.
O Socialista lembra que a Sociedade está muito mais atenta aos acontecimentos da área política, fiscalizando as ações dos seus representantes e consequentemente, cobrando os Serviços Básicos necessários a uma mínima qualidade de vida. “Existem vários setores da Administração Pública, cujo modelo atual já faliu. Não apresenta mais nenhum resultado ao Cidadão e um Senador pode e deve levantar essa discussão no Congresso Nacional” e completa, “OPPS tem o dever moral de apresentar esse projeto aos sergipanos e é isso que vou defender internamente”. Finaliza Marcos Aurélio.

Por Assessoria de Comunicação

0 Comentários