Foto: Ascom/Deso

Com investimentos na ordem de R$ 250 mil, a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) colocou fim em um problema histórico de falta de água em comunidades do município de Rosário do Catete. Ao menos três conjuntos habitacionais, localizados em partes altas, eram afetados com sistema de rodízio e agora são atendidos com abastecimento regular de água tratada. Os recursos próprios da empresa foram destinados à ativação de um poço e uma nova rede de distribuição. A obra de reforço, finalizada há uma semana, já garantiu a melhora do serviço para toda a cidade.
Foram mais de 2.6 mil imóveis que se beneficiaram com o serviço de ampliação executado pela Deso. Somente nas comunidades Incra, Mutirão e Morada do Sol, que ficam na região onde havia maior dificuldade para o abastecimento, 960 ligações passaram a ter acesso à água diariamente nas torneiras. Nessas localidades, o atendimento era mantido pela empresa por meio de carro-pipa. “Antes a gente ficava acordado nas madrugadas para encher os reservatórios. Hoje eu só tenho que agradecer e comemorar porque me livrei dessa dificuldade”, conta a moradora do Incra, Roberta Cleide dos Santos.
A oferta de água foi ampliada com a ativação de um novo poço com capacidade de 35m³ de água por hora. Também foi executada no projeto a implantação de 265m de tubos de 75mm e outros 1,5 mil metros de rede com diâmetros de 150 m. A obra foi realizada pela equipe da Gestão de Serviço de Manutenção (GSM), em parceria com a Unidade de Negócios Centro-Oeste (UNCO) da Deso. Para a responsável pelo escritório da empresa em Rosário, Jucimary Karine, o resultado mais gratificante é poder atender bem aos moradores.

Importância

E para quem vive em uma das áreas beneficiadas diretamente pela obra, o contentamento é ainda maior. “Só quem se banhava com água do balde sabe o que é a sensação de poder ligar o chuveiro e tomar banho, ou ligar a torneira da pia e preparar a comida. O trabalho feito pela Deso mostra o compromisso com o povo de Rosário”, disse o motorista e morador de Rosário, Osvaldo dos Santos.
Segundo o gerente da UNCO, Adaílton Alves, a Deso possui um projeto pronto para ativar novas fontes de abastecimento em Rosário, aumentando a segurança da distribuição de água. “Futuramente vamos colocar outros dois novos poços, já perfurados, em operação. Com isso será possível ampliar em mais 30 m³ de água por hora a produção local”, antecipa o gestor. Hoje, a empresa está produzindo cerca de 100 m³ de água para atender a demanda dos moradores. 

Por Ascom/Deso

0 Comentários