Sergipe apresenta redução no saldo de empregos

Setor comerciário (Foto: Infonet)

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do MTE, indicou que no primeiro mês do ano, houve uma pequena redução no número de empregos no estado, registrando saldo negativo de 23 vagas.
Entre os setores pesquisados, o que mais contribuiu para o saldo negativo, foi o comércio, com a redução de 559 postos de trabalho. Vale ressaltar que tal redução acontece principalmente em função dos empregos temporários criados para atender a demanda do final de ano. Contribuíram também, para redução, a Agropecuária, que registrou 72 postos a menos e a indústria de transformação com saldo negativo de três vagas.
O desempenho positivo, na criação de empregos formais, veio principalmente dos setores da Construção Civil, com a admissão de 390 postos, Serviços, com a criação de 115 vagas, e os Serviços Industriais de caráter público, que obteve saldo positivo de 109 vagas.

Fonte: Ascom/Fies
Share on Google Plus

About Redação

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!