Déda discursa em Brasília (Foto: Roverto Jayme)

Embasado no bom momento socioeconômico sergipano, o governador Marcelo Déda passou a semana em Brasília a fim de angariar recursos e dinamizar o desenvolvimento do Estado. A agenda na capital Federal começou na última terça, 19, convidado pela presidente da República, Dilma Rousseff, para discursar em nome de todos os governadores no lançamento das novas ações do Programa Brasil Sem Miséria, o qual rendeu elogios da presidenta ao se dizer "encantada" com a capacidade oratória do governador, "de falar e fazer poesia". 
O anúncio da ampliação do programa federal Brasil Sem Miséria reforça o avanço social e econômico do País nos últimos dez anos. Em Sergipe, os indicadores sociais demonstram que investimentos em áreas estruturantes somados à política de inclusão social resultam em melhoria de renda familiar, geração de emprego e aquecimento da economia.
Um dos índices que mensuram o crescimento social dos sergipanos é a retirada de 81.797 cidadãos da situação de extrema pobreza. Em 2006, 195.563 pessoas se encontravam nessa condição, com renda per capita inferior a R$ 70. Em 2011, esse  número caiu para 113.766, conforme dados do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE), com dados da PNAD/IBGE.  Os números nacionais seguem a mesma linha exponencial:  22 milhões de pessoas superaram a pobreza extrema. “Este é um projeto capaz de somar o desenvolvimento econômico com a inclusão social", afirmou Déda em seu discurso no Palácio do Planalto.
Durante sua estadia em Brasília, Marcelo Déda reuniu-se também com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos e com o presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Gustavo do Vale, os quais garantiram a realização das obras de duplicação da BR-235 e de ampliação e modernização do Aeroporto de Santa Maria.
Durante o encontro, o chefe do Executivo estadual enfatizou que o fluxo de veículos no trecho entre Itabaiana e Aracaju já ultrapassou o limite técnico estabelecido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o que, por si só, já justifica a obra. “Este tema será apresentado pelo Governo de Sergipe e pela bancada federal como um dos pleitos estratégicos do Estado”, declarou Déda.
A BR-235 é uma rodovia transversal brasileira que liga Aracaju, em Sergipe, ao Campo de Provas Brigadeiro Velloso em Novo Progresso, no Pará. Com mais de 114,5 quilômetros (somente em Sergipe) a BR 235 passa por importantes municípios: Aracaju, Areia Branca, Itabaiana, Frei Paulo e Carira.

Ampliação do Aeroporto

Parte dos recursos para as obras de ampliação do aeroporto Santa Maria será liberada assim que Marcelo Déda retomar suas atividades no Estado. O montante de R$ 20 milhões destina-se às obras do contorno do aeroporto, que visam ampliar e adequar o acesso ao terminal aeroportuário.
As obras de ampliação da pista de pouso e decolagem e de construção do novo terminal de passageiros do aeroporto Santa Maria, estão orçadas em mais de R$400 milhões.
Desse montante, R$ 306 milhões serão investidos pela Infraero, enquanto o Governo do Estado deverá investir quase R$100 milhões de contrapartida, o que inclui a construção de um novo anel viário no entorno do aeroporto, o desmonte do que restou no Morro do Avião e a elaboração dos projetos da pista e da estação de passageiros, além dos estudos de impactos ambientais. Além de dar suporte ao crescimento do turismo no estado, as melhorias no aeroporto terão impacto no sistema viário da zona de expansão, já que facilitarão a integração dos bairros Atalaia, Aeroporto, Farolândia e Santa Maria.

Proinveste

Déda também esteve reunido com o secretário do Tesouro Nacional (STN), Arno Augustin, o qual mostrou-se satisfeito com o avanço positivo das negociações entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa de Sergipe que visam aprovar o Proinveste. Em audiência na STN na última terça, 19, o governador participou de reunião de trabalho para acompanhar projetos de financiamento que dependem de parecer da secretaria.
Depois de ouvir os relatos sobre as negociações do Proinveste, programa do Governo Federal de apoio a investimentos, Augustin lembrou que Sergipe encontra-se em plena regularidade fiscal no que concerne a capacidade de pagamento e de endividamento. Estes parâmetros, concluiu, habilitam o Estado a acessar o programa do Governo Federal.

Por ASN

0 Comentários