Governador Marcelo Déda (Foto: Wellington Barreto/ASN)

O Governo do Estado de Sergipe e os partidos de oposição darão início às negociações voltadas a debater os investimentos previstos pelo Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste).
A novidade foi anunciada pelo governador Marcelo Déda na manhã desta segunda, 28, poucos dias após ter se reunido, em oportunidades distintas, com a presidente da Assembleia Legislativa, deputada Angélica Guimarães, o senador Eduardo Amorim e o líder da oposição, deputado Venâncio Fonsêca, e com o prefeito de Aracaju, João Alves Filho, na ocasião acompanhado do vice-prefeito, José Carlos Machado.
"O compromisso desse primeiro contato foi de que os parlamentares do DEM, do PSC e dos demais partidos da oposição iriam se reunir, o que fizeram na manhã de hoje, quando aprovaram a abertura do diálogo e vão se debruçar sobre o Proinveste para apresentar sugestões para contribuir no debate sobre os investimentos que farão parte do Programa", observou o governador.
Na noite da última quarta, 23, durante a solenidade que celebrou os 10 anos de existência Instituto Luciano Barreto Júnior (ILBJ), Déda fez um apelo para que a oposição se somasse ao Governo em prol da aprovação do Proinveste. "Nós todos compartilharemos uma vitória que é do povo sergipano", ressaltou o governador na oportunidade, diante dos líderes políticos sergipanos e de uma plateia composta por mais de 2.500 pessoas.

Próximo passo

Déda já encaminhou à oposição a lista dos investimentos para que fossem examinados e apresentadas sugestões. "Eu acho que a negociação sobre o Proinveste está vivendo seu melhor momento. Tenho certeza que o esforço de todos nós pode produzir um resultado maravilhoso para o estado de Sergipe, evitando que sejamos excluídos de um dos mais importantes programas de financiamento já lançados pelo Governo da República", acrescentou.
O governador afirmou que agora irá aguardar os encaminhamentos e torcer "no sentido de que, ao fim e ao cabo, a solução seja boa para Sergipe e para os sergipanos com a aprovação do Programa e a liberação dos recursos pelo Governo Federal".

Novo prazo

Déda destacou ainda que está em contato com o Governo Federal no sentido de informar que não será possível cumprir o prazo previsto para o próximo dia 31. "A luta agora, também, é para obter do Governo Federal a prorrogação do prazo do Conselho Monetário Nacional, pelo menos por mais 30 dias, permitindo que as negociações prossigam e ao final nós possamos aprovar dentro dos prazos a proposta de Sergipe", concluiu.
O Proinveste visa a ampliação da capacidade de investimentos do setor público das unidades federativas. Para Sergipe, foi destinado o valor de R$ 727 milhões para diversas obras de infraestrutura.

Por Agência Sergipe de Notícias / ASN

0 Comentários