Últimas Notícias
recent

A história do carnaval em Maruim

Bloco Santa Cruz, em 1940
O carnaval é a festa mais esperada por muitos foliões em todo o mundo, no Brasil, chegam ao ponto de afirmarem que tudo começa depois do período momesco. 

Em Maruim, distante a 30 Km de Aracaju, capital do Estado de Sergipe, houve um tempo que blocos saiam as ruas e o carnaval do município era uma das maiores festas do Estado. 
Em 1940, por exemplo, o bloco Chic, com suas cores (verde, amarelo e vermelho) representava Maruim em diversos lugares, com desenhos de Fenelon Moura, José Maia Cruz, o Zé Maia (ex-prefeito de Maruim, de 1954 a 1957) e Decinho. 
Além do bloco Chic, também existia o bloco Santa Cruz, que nasceu no bairro São José. Os dois blocos eram controlados por grupos políticos do município: O bloco Chic, pelos Dantas e o bloco Santa Cruz, pelo Coronel Gonçalo Prado, da Fazenda Pedras. 
Os blocos realizavam os ensaios no Teatro Tobias Barreto, que era situado atrás do prédio da antiga Telergipe. Hoje, no local existe apenas um terreno baldio. 
O Micareme era uma das principais festas realizadas em Sergipe, era a ressaca do carnaval, que acontecia no Domingo da Ressurreição. Seu declínio começou a partir de 1946, quando surgiu a Micareta de Aracaju. 

Texto: Keizer Santos 
Imagem: Edson Lemos / Inventário Cultural de Maruim 

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA 

CRUZ E SILVA, Maria Lúcia Marques. Inventário Cultural de Maruim. Edição comemorativa aos 140 anos de Emancipação Política da cidade. Aracaju: Secretaria Especial de Cultura, 1994. 


Nenhum comentário:

Deixe o seu comentário!

Tecnologia do Blogger.