Na noite da quarta-feira (21), o ex-secretário municipal de Saúde e ex-candidato a prefeito de Maruim no pleito de 2020, José Souza Santos, o Souza da Saúde, do MDB, falou sobre algumas ações de enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) e criticou a atual gestão do Município de Maruim. A entrevista ocorreu durante a live no Instagram e no Facebook no programa "Conversando com Guil Costa".

Souza da Saúde falou sobre suas ações e ainda atribuiu uma nota para sua atuação, que ele considerou positiva. "Eu avalio minha passagem positiva. Lidar com saúde é problema, inclusive depois desta pandemia. Mas enfrentamos com muito respeito, com muito afinco. Nós fazíamos reuniões semanais, colocamos barreiras sanitárias, colocamos lavatórios na feira, nos nos reuníamos, nos compramos máscaras para população... Foram 'n' coisas que agora não me vem a memória. Então houve um respeito com o povo de Maruim, porquê a responsabilidade era muito grande. As pessoas falam que vem muito dinheiro para saúde, mas vem aquilo, 'figurinha carimbada', que vem para aquela ação, mas o recurso utilizado para saúde é muito pouco. Se faz saúde, sete dias por semana, 24 horas por dia, 365 dias por ano. Não quero aqui desmerecer ninguém. Saúde é muito complexa, é muito problema, e o povo precisa de atenção. Eu fiz de tudo para manter o hospital, que era o ponto-chave para que o povo tivesse um atendimento digno. E isso eu fiz. Eu acho que de um a dez, eu mereço oito. Eu sei que faltou muita coisa, mas que eu poderia completar mais um pouquinho sendo prefeito, mas uma parte da população não quis. Eu aceito! Agora é partir para frente e espero que esse novo gestor olhe mais um pouco para nossa cidade. Tenha um carinho mais especial".

"Nós tínhamos ações até para diminuir a feira, de cercar, colocar os lavatórios, distribuição de máscara, aferição de temperatura. Pra você ter uma ideia, de março quando começou a pandemia até dezembro nós tivemos 442 casos, hoje em menos tempo, já tem quase 1.100 ou mais. Acho que é um pouco de falta de cuidado... Não sei! Não estou aqui para criticar ninguém, pois respeito todo profissional, mas a gente precisa dar mais atenção a saúde, pois a pandemia ainda não foi embora e agente ver a cada dia que passa gente morrendo. Precisa de mais atenção, pelo menos como a gente fazia nos finais de semana com as barreiras sanitárias, fazer testagem na população, orientação, voltar os lavatório da feira, aferição de temperatura, carro de divulgação, ou seja, um preocupação maior", destacou o ex-candidato a prefeito de Maruim, Souza da Saúde.

Por fim, Souza da Saúde ainda criticou a atual gestão. "Fica meio complicado eu está julgando as pessoas ou então falando mal. Agora sinceramente vocês devem convir que hoje Maruim está abandonada na área da saúde, na área de educação, na área de assistência social, principalmente, e salários atrasados", concluiu.

Sobre o futuro político, Souza falou que "o futuro a Deus pertence", e se diz muito grato pela expressiva votação que teve no município. Souza da Saúde (MDB) obteve 4.251 votos, ficando atrás de Gilberto Maynart (PT), que obteve 4.496 votos. Guil Costa (Cidadania) obteve 730 votos.

Por Redação







0 Comentários