O município de Rosário do Catete, com pouco mais de 11 mil habitantes (IBGE, 2020), apresentou uma redução de crimes no primeiro trimestre deste ano, conforme dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE). Os dados foram coletados e divulgados pela Secretaria Municipal de Ordem Pública e Mobilidade Urbana. 

Segundo os dados registrados em boletins de ocorrências, no primeiro trimestre deste ano foram 30 ocorrências de crimes contra o patrimônio. No mesmo período, nos últimos dois anos, foram 61 ocorrências, o que representa um Índice de Redução (IDRED) de 50,82%. Os crimes contra o patrimônio são dano, estelionato, extorsão, furto, peculato, receptação e roubo.

Para o Secretário Municipal de Ordem Pública e Mobilidade Urbana, José Anselmo Santos, nestes primeiros três meses foram intensificadas as rondas diárias. “As rondas diárias foram fundamentais para diminuição de crimes, principalmente na área central da cidade, onde o número de delitos era elevado. Por isso, além da ronda motorizada, colocamos ronda ostensiva a pé”, destacou o gestor.


Em relação aos crimes contra a liberdade individual, como ameaça e sequestro, foram registradas 8 ocorrências contra 17 ocorrências no mesmo período nos últimos dois anos. A redução chegou a 52,94% (IDRED). No levantamento, foram registradas 6 ocorrências de crimes contra a honra no primeiro trimestre de 2021, uma redução de 57,14% em comparação ao período de 2019/2020, que registrou 14 ocorrências. Os crimes contra a honra são calúnia, difamação e injúria. O maior Índice de Redução (IDRED) foi relacionado aos crimes contra a vida, que são aborto, homicídio, feminicídio, infanticídio, latrocínio, lesão corporal e suicídio. O município de Rosário do Catete registrou 4 ocorrências no primeiro trimestre deste ano. No mesmo período, em 2019/2020, foram 16 ocorrências. Estes números revelam o maior índice de redução equivalente a 75%.

O secretário municipal reforça que o cidadão rosarense pode solicitar ajuda à Guarda Municipal pelo telefone (79) 99824-7330, que está disponível 24 horas. José Anselmo reforçou que estuda a viabilidade de implementar um sistema de videomonitoramento para reduzir ainda mais os delitos em Rosário do Catete.


Por jornalista Keizer Santos DRT 2099/SE

Foto (secretário): Gustavo Silva

Foto (ronda): Divulgação

0 Comentários