José Abel desaparecido há 7 anos (Foto: Arquivo familiar)

Imagine você sair de casa para reencontrar seu irmão que estava distante 2.707 Km, mas quando chega ao ponto de desembarque, apenas a bagagem estava no ônibus? Parece um enredo de novela, mas é uma situação da vida real, que ocorreu há sete anos, quando José Abel da Silva Araújo, 44 anos, partiu de Campinas, no Estado de São Paulo, com destino a Ferreiros/PE.


Segundo uma das suas irmãs de uma família com oito filhos, Andréia da Silva Araújo, 37 anos, que reside em Brasília/DF há 8 anos, José Abel sempre foi um cara bom e não apresentar problemas mentais. Ele gostava de beber e às vezes esquecia algumas coisas, mas nunca chegou a praticar algum delito. “Meu irmão saiu da casa dos irmãos em Campinas, vinha da casa dos meus irmãos, e estava indo para casa do meu pai em Ferreiros. Estava no ônibus da Itapemirim, quando em uma parada no ponto de apoio, no posto Flecha (Rodovia BR-101, Km 75), em Maruim, segundo os motoristas ele desceu na madrugada e não voltou mais. Os motoristas só perceberam às 11h, quando chegou em Timbaúba/PE”, contou a irmã.
José Abel e sua irmã Andréia Araújo (Foto: Arquivo familiar)


Cheguei até ir ao local, que fica próximo ao povoado Pau Ferro, para fazer buscas, mas infelizmente não tive resultado. Fiquei uma semana em Maruim e conversei com algumas pessoas que alegavam ter visto alguém parecido, mas não era certeza. Procurei em rodoviária, delegacias, hospitais, na zona rural, até em uma rádio de uma cidade próxima, mas não obtive notícias até os dias atuais”, desabafou Andréia Araújo.


Andréia acrescenta ainda, que o irmão possui uma marca de queimadura em uma das suas mãos, que pode ajudar na identificação.


Quem souber de alguma informação, que possa ajudar os familiares a encontrar José Abel da Silva Araújo, pode ligar para (61) 99277-0829, falar com Andréia, e (81) 99470-4221, falar com Alice.

José Abel da Silva Araújo (Foto: Arquivo familiar)


Por Redação

0 Comentários