Deso anuncia reajuste de 5,89% a partir 1º de março

A Companhia de Saneamento explicou que dados como o índice inflacionário; custos operacionais, energia elétrica e variação do dólar com relação aos produtos químicos, foram utilizados para o cálculo do reajuste.

Para os usuários que consomem até 10 metros cúbicos por mês e pagam a tarifa mínima, o acréscimo será de pouco mais de dois reais, que passou de R$ 35,64 para R$ 37,74.


O reajuste começa a valer nas faturas emitidas a partir de 1º de março.  

Fonte: Deso 
Foto: EBC

Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Instagram