ADM sagra-se tetracampeã da Copa Cruz de Bela de Futsal

Após derrotar o Atlético Clube Boa Hora nos pênaltis, a Associação Desportiva Maruinense (ADM) consagra-se tetracampeã da Copa Cruz de Bela de Futsal na noite desta sexta-feira (16), no ginásio de esportes do Sesi, em Maruim/SE. A maior edição da copa com 32 equipes, chega ao fim após 44 jogos e mais de 200 gols.

No tempo normal, faltando dez segundos para acabar o jogo, o Atlético Clube Boa Hora empatou a partida. Após o 3x3 no tempo normal, a disputa foram para cobranças alternadas. Ao final, ADM 4x3 Boa Hora. Com o título, a Associação Desportiva Maruinense continua como a maior vencedora da competição com a conquista das copas em 2013, 2014, 2016 e 2018. O Atlético Clube Modelo conquistou o título de 2015 e o Atlético Clube Boa Hora venceu a edição de 2017.
O secretário municipal de Esporte e Lazer, Mário Sérgio de Jesus, destacou a consolidação da copa. “A competição tornou-se uma tradição e já faz parte do calendário esportivo maruinense. A cada ano a competição toma uma dimensão ainda maior. Além disso, a competição movimenta o comércio local, pois mobiliza a cidade, principalmente, na reta final. Todos os dias tivemos um excelente público nos jogos”, afirmou.

A campeã, ADM, conquistou o título, troféu, medalhas e a premiação de R$ 2 mil. O vice-campeão, Atlético Boa Hora, conquistou troféu, medalhas e a premiação de R$ 1 mil. O terceiro colocado, o Grêmio Coelhense, que derrotou o CSKA por 3x1, conquistou troféu, medalhas e a premiação de R$ 500,00. O melhor goleiro da competição, Volney da ADM, ganhou a premiação de R$ 100,00. O artilheiro Lucas Henrique, do CSKA, foi o artilheiro da competição com 8 gols e também ganhou R$ 100,00.

O prefeito de Maruim, Jeferson Santana, acompanhado da primeira-dama, Girlaine Santana, e dos vereadores Júnior Santana, Ermerson Porto e Moisés Azevedo prestigiaram a disputa da grande final da Copa Cruz de Bela de Futsal. O técnico do Lagarto Futsal, Davi Mendonça, também prestigiou a grande final.
Após as disputas no ginásio do Sesi, os desportistas curtiram dois shows com Duduzinho e Leketchê na Praça da Boa Hora.



CRUZ DE BELA

A competição homenageia a festa tradicional de Bela. Bela foi uma menina, que segundo a cultura popular, foi assassinada por volta de 1888. Felisbela tinha nove anos de idade, e foi assassinada na Rua do Açougue (Hoje, Rua José Quintiliano da Fonseca), quando saiu da sua residência para comprar querosene para acender os candeeiros que iluminavam sua casa, que era localizada na Rua Arapiraca, em Maruim. Ao passar em frente ao quartel de polícia, um tiro disparado, acidentalmente, por um soldado que limpava seu fuzil, a acertou e a mesma faleceu no local. 


Após a morte da menina Bela, uma cruz foi instalada no
trapiche Ganhamoroba. Após a construção da capela de Bela, fiéis agradeciam os “milagres” com ex-votos [do latim Votum (coisa prometida) ou Votivus (prometido por voto)], que eram as réplicas de pernas, braços, cabeças, casas e diversos objetos que representavam o pedido atendido. A Igreja Católica Apostólica Romana não reconhece a santidade de Bela. 


Desde então, a festa, que integra o calendário cultural do município, é celebrada no dia 15 de novembro, com apresentações culturais, celebrações religiosas, parque de diversões e shows de bandas locais,
regionais e nacionais.


Fonte: Prefeitura de Maruim 




 
Share on Google Plus

About Redação

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!