Dataform aponta vitória de Jeferson Santana no próximo domingo em Maruim

O atual prefeito não encontrou dificuldades no embate com a oposição no município, mesmo com a crise econômica que assola o País inteiro
Numa eleição em que o tema “crise” foi uma constante, com praticamente todos os candidatos, de situação e de oposição, falando no tema, especialmente por serem as cidades pequenas as principais afetadas com a diminuição da atividade econômica e a consequente queda nos repasses de verbas públicas do Governo Federal para os municípios, ver um prefeito se candidatar à reeleição e se manter com bom índice de intenções de voto, se não chega a ser uma surpresa, com certeza também não é algo tão comum como o foi em outras eleições.
E em Maruim, que tem dois postulantes ao cargo de prefeito, Chile, PV, e Jeferson Santana, PMDB, sendo este segundo candidato à reeleição, a pesquisa Dataform – que foi realizada no dia 29 de setembro, com 400 entrevistas, margem de erro de 5% e intervalo de confiança de 95% – detectou que os maruinenses optam pela continuidade administrativa e que Jeferson se reelege no próximo domingo, 2 de outubro, até com relativa facilidade, conforme ditam os números.
Para chegar a esta conclusão, os entrevistadores perguntaram, na modalidade estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, em quem eles votariam para prefeito nestas eleições. E Jeferson Santana alcançou 43,25% na preferência dos eleitores, seguido por Chile, com 35,00%. Indeciso, 10,00%; Nulo/Branco, 8,50%; Não Soube/Não Respondeu, 3,25%.

VOTOS VÁLIDOS E REJEIÇÃO


E quando se retira as respostas indeciso, nulo, branco, não soube e não respondeu, passando-se a fazer o cálculo em cima dos votos válidos, conforme serão divulgados os resultados pela Justiça Eleitoral após a totalização do votos gerais, a vantagem de Jeferson cresce ainda mais, com ele indo a 55,27%, contra 44,73% de Chile.
Outro dado que comprova a maior probabilidade da vitória de Jeferson é em relação à rejeição, quando é perguntado ao entrevistado em qual candidato ele não votaria de jeito nenhum. Neste caso, o mais rejeitado é Chile, citado negativamente por 41,25%; Jeferson, 36,00%; Não Soube / Não respondeu, 16,75%; Nulo/Branco, 6,00%.
Mais do que apenas conquistar uma vantagem real nos dados da pesquisa Dataform, Jeferson Santana vê ampliar suas chances de vitória por ter um dado concreto que conta muito para a cristalização na definição do voto: o total de pessoas que dizem votar nele se assemelha aos que dizem não votar em Chile de jeito nenhum. E vice-versa. Isso indica que os eleitores maruinenses “tomaram partido” e a eleição dividiu o eleitorado, mas com clara vantagem para o atual prefeito.
Dessa forma, com as eleições ocorrendo de fato em poucas horas, a reversão desse quadro se torna quase impossível, com a reeleição de Jeferson Santana se confirmando em definitivo. A pesquisa Dataform em Maruim foi contratada pela 2AS Marketing LTDA – EPP / Design 2 Work e está registrada na Justiça Eleitoral com o número SE – 06309/2016.


Disponível no caderno O VOTO/Cinform
Share on Google Plus

About Redação

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!