COLUNA DESTAQUE

Eduardo Amorim denuncia o aumento da violência em Sergipe

Senador Eduardo Amorim (Foto: Divulgação)_
O senador Eduardo Amorim (PSC) informou nesta quarta-feira, 12, que em apenas um final de semana foram registrados 14 casos de homicídios em seu estado. Além disso, houve acidentes com vítimas fatais e um assalto a ônibus, com uso de armas de fogo. Amorim lamentou essa situação em uma região que há até pouco tempo era uma das mais pacíficas do país.
Para o senador, a falta de pessoal na segurança pública é uma das causas do aumento da violência em Sergipe. Denunciou que para atender aos 75 municípios há 520 policiais militares nas ruas, quando seriam necessários 8 mil desses profissionais. Além disso, são 142 delegados da polícia civil, número que, segundo Eduardo Amorim, é insuficiente para prestar um serviço de qualidade à população.
- O fato é que alguns delegados são responsáveis por quatro delegacias. A maioria das delegacias do interior tem no máximo dois agentes e há localidades onde simplesmente não há agentes - denunciou o senador.
Eduardo Amorim responsabilizou o governo estadual por esse quadro de insegurança. Ele disse que o estado vive em situação de “desgoverno”, em que não há valorização da vida.

Por Agência Senado

Nenhum comentário

Deixe o seu comentário!

Tecnologia do Blogger.