Sessão plenária (Foto: Ascom/TCE-SE).
Na manhã da última quinta-feira, 29, na sessão plenária do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), o ex-prefeito de Maruim, Gilberto Maynart de Oliveira, teve suas contas rejeitadas relativas ao exercício financeiro de 2011.
O processo referente ao exercício financeiro de 2011 da Prefeitura Municipal de Maruim foi relatado pelo conselheiro Ulices de Andrade Filho. Segundo o TCE, foram consideradas irregularidades como a apresentação de despesa total de 67,03% da sua receita corrente líquida com pessoal, acima do limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (54%); bem como o repasse a maior de duodécimo para Câmara Municipal, tendo sido constatado um excesso injustificado no valor de R$ 71.741,67.
De acordo com portal do Tribunal de Contas de Sergipe, o conselheiro Ulices de Andrade Filho, relator do processo TC 000414/2012,  acolheu a recomendação do Ministério Público de Contas (MPU) ao votar pela emissão de parecer prévio recomendando a rejeição das contas. Para o TCE, o argumento apresentado pelo ex-gestor em sua defesa não foi suficiente para sanar as irregularidades apontadas.
O Portal Maruim.net não conseguiu contatar o ex-prefeito de Maruim, Gilberto Maynart, mas, a Redação reserva o espaço democrático para a sua resposta através do e-mail contato@maruim.net

Dados para consulta no site do TCE

Processo TC – 000414/2012
Origem 003313 – Prefeitura Municipal de Maruim
Espécie 0045 – Contas Anuais de Governo – exercício de 2011
Interessado - Gilberto Maynard  de Oliveira
Procurador - Parecer nº 267/2013 – Carlos Waldemar Resende Machado
Relator - Cons. Ulices de Andrade Filho


Por Redação

0 Comentários