Secult e Governo Federal abrem inscrições para curso de Organização de Eventos

Foto: Ascom/Secult.
No segundo semestre de 2013, Sergipe ganhará mais um reforço no que diz respeito à capacitação profissional. Isso porque entre os dias 12 de agosto e 20 de dezembro será realizada em Aracaju o primeiro curso do Programa Nacional do Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), ofertada em parceria com o Ministério da Cultura (MinC), Instituto Federal de Ensino (IFS) e Secretaria de Estado da Cultura (Secult).
O curso terá como tema ‘Organização de Eventos’, e beneficiará 25 pessoas que devem ter nível médio completo e ser beneficiários do programa Bolsa Família, cadastrados pelo Cad Único. As aulas acontecerão na sede o IFS (localizado na Avenida Gentil Tavares, 1166, Aracaju), sempre no período da manhã, e terão, ao total, 240 horas/aula.
No programa do curso constam disciplinas como ‘Cerimonial’, ‘Protocolo’, ‘Oratória’, ‘Planejamento e Execução de Eventos’, ‘Alimentos e Bebidas para Eventos’, ‘Etiqueta’, ‘Técnicas de negociação para eventos’, entre outras, onde os participantes poderão ter mais conhecimento sobre como executar com qualidade eventos de todos os portes e obtendo assim uma profissão e podendo obter renda.

Inscrições

As inscrições deverão ser feitas através do Núcleo de Produção e Difusão Cultural (NPDC) da Secretaria de Estado da Cultura até o dia 02 de agosto. Porém, antes de se dirigir à Secult para fazer a inscrição, os interessados devem acessar a página da Secretaria, baixar a inscrição e preenchê-la.
É necessário que os interessados estejam munidos, no momento da inscrição, de RG e CPF (cópia e original), comprovante de residência, cópia da certidão de nascimento, declaração escolar que comprove a conclusão do ensino médio e cópia do cartão do Bolsa Família.

Sobre o PRONATEC

Criado em 2011, o PRONATEC visa aumentar a oferta e distribuição territorial dos cursos técnicos no Brasil e é coordenado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC). Dirige-se a um público diverso, potencializando o interesse e a formação de jovens pela atuação profissional e proporcionando qualificação contínua para aqueles que estão desempregados.
No âmbito da cultura, foram oferecidas inicialmente cerca de oito mil vagas por todo o país, para cursos de formação inicial em áreas como desenho, moda, maquiagem cênica, cenotecnia, cerâmica e tecido e muitas outras.


Por Ascom/Secult

Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Instagram