(Foto: Fabiana Costa/Secult).
No próximo dia 8 de julho,  Sergipe comemorará 193 anos de emancipação política. Para celebrar a data, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e outros órgãos, prepara uma programação marcada pela sergipanidade e por homenagens a grandes personalidades que fizeram a diferença no ano de 2012 e 2013.
A programação acontecerá na segunda-feira, 8, a partir das 17h, no Teatro Tobias Barreto. Entre as atividades que estão previstas está a condecoração da Medalha do Mérito Cultural Tobias Barreto, que será entregue a 16 personalidades e instituições sergipanas, como Antônio Carlos Viana, Joubert Moraes, Luiz Fernando Soutelo, Jorge Lins, Antônio Samarone, Lindolfo Amaral, Banese, Cubos Cia. de Dança, entre outros.
Segundo a secretária de Estado da Cultura, Eloisa Galdino, as comemorações do 8 de julho são sempre bastante significativas, pois celebram a identidade e a liberdade do povo sergipano. “A data celebra a nossa sergipanidade. É um dia extremamente simbólico para o povo do nosso Estado e, por isso, não podemos deixar de comemorá-lo”, frisa.
Além das homenagens, a programação contará com a entrega de bustos de Tobias Barreto a diversas instituições sergipanas e uma bela apresentação da Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE). “Será um evento de grandes homenagens para alguns ilustres sergipanos, que por suas contribuições na música, na dança, na literatura, na pesquisa ou nas demais áreas, colaboraram significativamente para o engrandecimento da cultura sergipana”, completa Eloisa Galdino.

Dia da Sergipanidade

O termo sergipanidade foi usado primeiramente por Tobias Barreto, mas somente nas últimas duas décadas que a Sergipanidade começou a ser tratada como um conceito cultural, capaz de inspirar artistas, escritores, pensadores, qualificando compromisso das manifestações da cultura sergipana.
Atualmente o 8 de julho é considerado o Dia da Sergipanidade por ser a data em que Sergipe conquistou sua emancipação política da Bahia. A data é marcada todos os anos, por diversas comemorações que envolvem o fazer cultural sergipano e a valorização do seu povo.

* Com informações do blog E-Sergipe


Por Ascom/Secult

0 Comentários