Foto: Ascom / Seed Sergipe

A rede pública estadual de ensino aprovou 2.285 alunos no vestibular 2013 da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Esta foi a primeira vez que a UFS utilizou o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a classificação dos candidatos. De acordo com o secretário de Estado da Educação, Belivaldo Chagas, o resultado foi muito bom, principalmente devido às dificuldades pelas quais a rede estadual de ensino passou no último ano de 2012.
"Tivemos um resultado bastante satisfatório, pois neste concurso vestibular trabalhamos com o ineditismo do Enem, enfrentamos as paralisações e concorremos com todo o Brasil. Realmente o ensino sergipano foi testado com o Exame Nacional, e a performance dos alunos da rede pública estadual foi bastante satisfatória", afirmou o Belivaldo Chagas.

Números

Os alunos da rede estadual de ensino foram bem classificados em alguns dos cursos mais concorridos da UFS. Foram aprovados 3 em Medicina, 21 em Odontologia, 16 em Engenharia de Produção, 19 em Direito, 15 em Engenharia Civil, 37 em Ciência da Computação, 6 em Engenharia de Petróleo, 14 em Engenharia da Computação e 48 em Enfermagem.

Preparação

Durante todo o ano foram realizadas diversas ações visando preparar os alunos para o Exame Nacional do Ensino Médio que, a partir deste ano, foi a porta de entrada para a UFS. A Secretaria de Estado da Educação, através do curso Pré-Universitário, realizou diversos simuladões e revisões com os estudantes, focando as provas nos moldes do Enem.
Além disso, o Dase realizou o acolhimento dos vestibulandos nos dias de realização das provas, oportunidade em que professores e equipe da Seed ofereceram todo o apoio aos alunos, além de distribuir caneta, lápis, borracha e água mineral.

Anos anteriores

Em 2012 foram aprovados nos vestibulares 3.733 alunos, sendo 2.703 na UFS. Em 2011, a rede pública estadual de ensino aprovou 3.030 estudantes em concursos vestibulares. Desses, 1.980 conquistaram vagas na UFS e 1.050 em instituições particulares.

Por Ascom / Seed

0 Comentários