Lúcia Marques: Uma jóia natural de Maruim

Lúcia Marques (Foto: Infonet)
Na atualidade é comum rendermos homenagens aos falecidos, mas acreditamos no propósito de reconhecermos os méritos, também, em vida. Diante desta realidade, manifestamos admiração à pessoa de Maria Lúcia Marques Cruz e Silva, simplesmente, Lúcia Marques. Esposa de Manoel Lopes da Silva Filho, o Osman, e mãe de Marília e Antônio Fernandes.
Lúcia Marques nasceu em Maruim, Estado de Sergipe, no dia 07 de março de 1950. Filha de Adalberto Cruz e Julieta Marques Cruz.
Estudou seu curso primário no importante Grupo Escolar Padre Dantas, na Rua General Siqueira, que outrora foi administrado pelo Dr. Alcides Pereira, ex-prefeito do município de Maruim (SE). O 1º grau, hoje, Ensino Fundamental, foi realizado no Ginásio Cenecista Maruinense, onde hoje funciona o Colégio Estadual Felipe Tiago Gomes. Seu 2º grau, hoje Ensino Médio, foi concluído no Colégio Estadual Atheneu Sergipense, em Aracaju, capital do Estado de Sergipe.
A professora Lúcia Marques apresenta uma vasta formação acadêmica:

- Curso de Técnica Jornalística, pela União dos Profissionais de Imprensa, em 1973;
- Graduação em Ciências Biológicas, pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), em 1978;
- Especialização em Planejamento  do Uso do Solo, UFS, 1983;
- Especialização em Biologia de Estuários e Manguezais, UFS, 1986;
-  Mestrado em Educação, UFS, 2006.

A escritora Lúcia Marques é sócia efetiva do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe; Pesquisadora em História da Universidade Tiradentes (Unit) e funcionária efetiva da Companhia de Desenvolvimento Industrial e de Recursos Minerais de Sergipe (Codise). Seus principais campos de atuação são Ecologia, História, Cultura e Educação.
A profissional Lúcia Marques participou do grupo que elaborou o Plano Diretor da Região da Grande Aracaju, em 1982; Colaborou com a implantação do Projeto Nordeste, em Sergipe, 1984; Ajudou a elaborar o Plano Diretor do Pólo Cloroquímico de Sergipe, em 1988.
No campo político, Lúcia Marques, foi destaque, por ter sido a primeira mulher a ocupar a Câmara de Vereadores de Maruim, durante a legislatura de 1993 a 1996. Foi autora da Lei Municipal, que cria o Brasão de Armas, como um dos símbolos municipais.
Lúcia Marques é autora de diversos artigos e livros.

Livros publicados:

CRUZ E SILVA, Maria Lúcia Marques; MENDONÇA, Jouberto Uchôa de. Caminhos da Capital: 150 motivos para viver as ruas de Aracaju. Aracaju: Unit, 2007.
CRUZ E SILVA, Maria Lúcia Marques (Org.) ; MENDONÇA, Jouberto Uchôa de (Org.). Sergipe Panorâmico. Aracaju: Unit, 2002.
CRUZ E SILVA, Maria Lúcia Marques. Rosário do Catete. Aracaju: Gráfica Triunfo, 2000.
CRUZ E SILVA, Maria Lúcia Marques. Inventário Cultural de Maruim. Edição comemorativa aos 140 anos de Emancipação Política da cidade. Aracaju: Secretaria Especial de Cultura, 1994.

Dissertação / Mestrado

CRUZ E SILVA, Maria Lúcia Marques. Revista Litteraria do Gabinete de Leitura de Maroim (1890-1891): Subsídios para a História dos Impressos em Sergipe. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Sergipe, Aracaju.

Texto: Keizer Santos

Referências Bibliográficas

CRUZ E SILVA, Maria Lúcia Marques. Inventário Cultural de Maruim. Edição comemorativa aos 140 anos de Emancipação Política da cidade. Aracaju: Secretaria Especial de Cultura, 1994.
INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SERGIPE. Disponível em (ver link). Acesso em: 04 jun. 2011.
CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO. Curriculos Lattes de Mária Lúcia Marques Cruz e Silva. Disponível em (ver link. Acesso em: 04 jun. 2011.

Redação

Um comentário:

  1. Nelson Julio { Duda}5 de junho de 2011 08:58

    E Companheiro Keizer,Lucia Marques,deve estar feliz com as refomas Dos predios como Gabinete De Leitura,fiLarmonica,capela do Cemiterio e em breve,os predios da Educação antigo forum,e o antigo predio da guarda,e teremos mais resgate da hitoria contada apenas em palavras e livros,que hojé surge na esperança de vermos a olho nú,isso nos orgulha e dar mais prazer e vontade de seguir em frente,imagine uma casa de taipa escorada pronta para cair,e vç ter que reconstruir morando nela...!

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!

Instagram