Na manhã desta segunda-feira (21) foram homenageadas pela Assembleia Legislativa de Sergipe com a Medalha Deputada Quintina Diniz sete presidentes de Câmaras Municipais do Estado de Sergipe, entre elas Maria Angélica de Jesus, do Poder Legislativo de Maruim. A solenidade ocorreu no gabinete da presidência.

A aprovação dos nomes das vereadoras partiu do Conselho da Medalha Deputada Quintina Diniz, que é formado pelas seis deputadas da Casa Legislativa. De acordo com declarações da deputada Goretti Reis (PSD), que preside o Conselho, a homenagem desta manhã  é um reconhecimento  da Casa Legislativa pelo Dia Internacional da Mulher, e que, por conta da ocorrência da pandemia, evento ficou suspenso.

“Quintina Diniz foi a nossa primeira mulher dentro do Legislativo, daí a gente tem essa Medalha, que é uma forma de homenagear e reconhecer as mulheres dentro dos espaços políticos, dentro dos espaços do poder, mostrando que a mulher pode galgar e chegar onde ela quiser.  O conselho elegeu para homenagear esse ano a todas as mulheres que são presidentes de câmaras. Elas são apenas sete, dentro do contexto de 75 municípios. Ainda precisamos alcançar, com certeza, muito mais espaços, mas a gente fica assim muito feliz em saber que as mulheres estão aí cada vez mais se fortalecendo, participando dos espaços políticos, também participando das decisões dentro dos seus municípios, e hoje essa homenagem é para esse reconhecimento”, declarou Goretti.

Foram homenageadas com a Medalha Deputada Quintina Diniz, as presidentes:  Ana Cleide Mendonça Menezes, do município de São Miguel do Aleixo; Ivone Lima de Andrade, de Itabaiana;  Maria Angélica de Jesus, de Maruim; Maria da Conceição dos Anjos, de Nossa Senhora do Socorro; Maria José de Andrade Lima, de Poço Redondo; Rosana Santos Queiroz, de Campo do Brito; e Sandra Menezes dos Santos, de Aquidabã.  

A presidente da Câmara de vereadores de Maruim ofereceu a medalha a todas as maruinenses. “Cheguei na política com o apoio delas, de mulheres negras, pobres, nordestinas, lutamos para garantir seus direitos”, disse a presidente, vereadora Maria Angélica de Jesus.

Medalha Quintina Diniz

A medalha é entregue a  mulheres que se destacam por  atuação familiar, profissional, política e social, especialmente na defesa dos direitos e da igualdade feminina, se tornado merecedoras do reconhecimento público da Assembleia Legislativa. A medalha foi criada por meio da Resolução 15/2018, de 13 de novembro de 2008.

A medalha que leva o nome da primeira deputada estadual sergipana é entregue anualmente em alusão ao Dia Internacional da Mulher. Quintina Diniz foi eleita em 1934, tendo seu nome lançado pela Sociedade Brasileira Para o Progresso Feminino, fundada pela dra. Bertha Lutz, e dirigida em Sergipe por Cezartina Reis e Maria Rita Soares de Andrade. Professora e feminista, a laranjeirense fundou em Aracaju, em 1906, o primeiro educandário feminino do Estado.
 
Com informações da Agência Alese
Fotos: Joel Luiz


0 Comentários