COLUNA DESTAQUE

Gestantes de Maruim participam de ensaio fotográfico

Com o objetivo de elevar a autoestima das gestantes atendidas pelo projeto “Acolhendo um novo ser”, aconteceu ensaio fotográfico na tarde de quarta-feira (27), na Chácara Canoas no município de Maruim/SE. O ensaio foi realizado com cinco gestantes, através da parceria entre o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e o fotógrafo profissional Carlos Aristóteles.
De acordo com a psicóloga, Eunice Michelly Bonfim S. Dantas, que coordena o grupo de gestantes, o projeto “Acolhendo um novo ser” tem uma grande relevância social. “No projeto, são desenvolvidas oficinas, que propiciam um meio de geração de renda familiar através do bordado com a instrutora Maria Rosa Maynard Brito. Através desta iniciativa, as mães, em situação de vulnerabilidade social, garantem o enxoval do bebê”.
“O grupo de gestantes do CRAS, proporciona também, o compartilhamento de experiências, onde cada uma cria através do contato com outras mães, uma rede de acolhimento e amizade. Vale ressaltar ainda, que o grupo tem acompanhamento psicológico, que busca continuamente parceria com outras secretarias promovendo discussões a cerca de temas que envolvem essa fase tão especial. Durante as atividades são desenvolvidos temas: bebida alcoólica durante a gestação, alimentação saudável, cuidados com o bebê, violência doméstica contra a mulher, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, etc”, concluiu a psicóloga Michelly Dantas.
Para o fotógrafo profissional, Carlos Aristóteles, a iniciativa contribui para autoestima da mulher e gera oportunidade para mães, que não teriam condições de pagar por um ensaio fotográfico. “Desenvolvemos nosso trabalho em Maruim, por isso, foi um fator importante ser parceiro nesta ação. Mensalmente atendemos várias mães. Percebemos que algumas desejam participar, porém não apresentavam condições financeiras”, afirmou.
O projeto “Acolhendo um novo ser” é gerido pelo Fundo Municipal de Assistência Social da Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Trabalho, executado pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). O objetivo do projeto é propiciar condições básicas de sobrevivência à gestação e ao recém-nascido até seis anos de idade, que integram o Bolsa Família, que vivem situação de vulnerabilidade social.
Em 2017, o projeto atendeu cerca de 50 gestantes. O grupo é rotativo, pois atende, simultaneamente, mulheres com tempo de gestação diferente. 

Fonte: Prefeitura de Maruim

Nenhum comentário

Deixe o seu comentário!

Tecnologia do Blogger.